RECOMENDAÇÕES PARA OS CUIDADOS DE LIMPEZA DE SUA PELE

Para ter um rosto belo e saudável, independente do tipo de pele, veja as dicas de um perfeito cuidado de limpeza e tonificação.

1- Os demaquiantes possuem duas funções: retirar a maquiagem e limpar a pele.

2- Deve-se fazer a limpeza com demaquiantes pela manhã e a noite. Pela manhã é necessário eliminar as impurezas produzidas pela pele durante a noite, enquanto que à noite é preciso retirar bem a maquiagem e as impurezas acumuladas durante o dia.

3- Os tônicos, ricos em princípios ativos, não só complementam a eliminação de impurezas da pele após o uso do demaquiante, mas principalmente condicionam a pele para receber melhor o tratamento habitual.

4- Pode-se obter mais espuma com os demaquiantes de gesto água molhando as mãos e rosto antes de aplicar o produto.

5- Para realizar sua demaquiagem mais rápido, deve-se começar a limpeza pelos olhos, para depois seguir para as demais partes do rosto. Também é recomendável a utilização de um demaquiante específico para a área dos olhos.

6- Quando a maquiagem é mais elaborada, é preferível aplicar primeiramente um demaquiante gesto sem água, com um algodão, para dissolver a maquiagem e as impurezas. Após, lava-se o rosto com um demaquiante gesto água.

7- Lembre-se de que, para cada tipo de pele, existe uma textura de produto de tratamento adequado: Pele Oleosa se adapta melhor à textura serum; Pele Normal absorve as texturas creme, emulsão ou fluida; Pele Seca pede textura creme; Pele Mista necessita de texturas serum ou fluida.

Agora, sua pele está preparada para absorver ao máximo o tratamento mais adequado às suas necessidades específicas (controle de oleosidade, anti-idade, firmeza, rejuvenescimento, hidratação).

Praia e sol e os cuidados com sua pele:
Dias bonitos, um verão de 40 graus, praia e muito sol. Quem não quer pegar aquela cor saudável junto com os filhotes? O sol pode fazer bem à saúde, mas também muito mal. Um dos perigos é o câncer de pele, o que mais atinge os brasileiros. Por isso, mamães e papais, cuidado, pede a dermatologista Karla Assed.
"Os pais devem ficar atentos ao horário, deixando a criança exposta diretamente ao sol somente antes das 10 h e após às 17h, sempre com filtro solar resistente a água e ao suor, reaplicando-o antes de sair de casa e a cada hora de exposição. O sol é importante para produção de vitaminas. É imprescindível que os horários de exposição sejam respeitados para que a criança não sofra com as possíveis queimaduras causadas por ele. Um protetor que contenha dióxido de titânio, com fator de proteção 60, é a melhor opção para pele delicada delas. Já os bronzeadores caseiros devem ser abolidos totalmente."
Se após a praia você notar que a pele está mais avermelhada e com ardência, a dermatologista aconselha uma receita caseira que sempre dá certo. Tudo para pais e filhos: compressa de chá de camomila gelado, ou uma papinha feita à base de maizena e água, que ajudam a acalmar a pele. Beber mais de dois litros de líquidos por dia é muito importante e ajuda a hidratar a pele e o corpo.Já os cabelos finos também sofrem e ressecam muito com a água do mar ou da piscina. Para resolver esse problema é aconselhável um bom xampu hidratante, e para aumentar o brilho, na última lavagem, outra dica da Dra Karla é enxaguá-lo com a mistura de uma colher de sopa de vinagre de maçã em um litro de água.
É bom ficar atento também a algumas doenças de pele que são mais comuns no verão, entre elas, as micoses de praia, que podem ser facilmente adquiridas, por exemplo, através das fezes dos cachorros deixadas nas areias.
E atenção. Mais detalhes sobre os cuidados com o sol podem ser obtidos no próximo dia 10, quando será realizada a sétima edição da Campanha Nacional de Prevenção ao Câncer da Pele.

A seguir, algumas dicas úteis para um verão saudável:
- Freqüentar a praia antes das 10h e após às 17h
- Usar filtro solar e reaplicá-lo a cada hora
- Beber bastante líquido, pois a pele desidrata no verão
- Hidratar a pele e os cabelos após exposição ao sol
- Usar boné ou viseira para uma maior proteção do sol
- Mais dicas no site da Sociedade Brasileira de Dermatologia (www.sbd.org.br)


É normal a mulher ter acne na fase adulta?
O aparecimento da acne em mulheres, na fase adulta, não é considerado um fato normal. Isso, porque, esse tipo de problema é comum no início da produção dos hormônios, o que ocorre na adolescência.
Portanto, mulheres que apresentam um quadro de acne, devem passar por exames detalhados para detectar qual a origem do problema. Geralmente, as causas dessa acne estão associadas a disfunção hormonal, ou relacionadas com ovários policísticos, ou ainda, com o aumento dos hormônios andrógenos, responsáveis pelo estímulo à glândula sebácea, provocando o entupimento e conseqüentemente, as espinhas.
Além disso, a acne pode estar ligada a problemas mais graves como um tumor de ovário adrenal ou ainda, pode não haver nenhuma alteração, mas, a mulher pode responder mais intensamente ao andrógeno, caracterizando-se o caso como alteração periférica.
Nesse último caso, existem tratamentos específicos que são os chamados anti-andrógenos, substâncias que inibem a ação do andrógeno, de maneira sistêmica e local.
Vale destacar que os tratamentos, em geral, são longos e duram cerca de um ano. No início, são prescritas doses mais altas dos anti-andrógenos e no final do tratamento essas doses estão mais baixas. Há possibilidade total de reverter o quadro e, somente, se houver cicatrizes é que será um pouco mais difícil para a pele voltar ao normal.
Outro fato relevante com relação à acne na mulher adulta é que não existe tratamento preventivo para o caso, e a terapia será prescrita de acordo com as causas dessa acne.
Atualmente, cerca de 30% das mulheres, com mais de 20 anos, que vão ao meu consultório, apresentam esse tipo de problema que, se não for tratado, vai persistir até à menopausa.
Para essas mulheres uma das saídas é a flutamida, um anti-andrógeno, não hormonal, não antibiótico, que age no receptor, bloqueando-o dentro da célula e caracterizando-se por apresentar uma ação periférica, ou seja, conseguindo com que não haja ação dos andrógenos na pele.
Trata-se de um remédio eficaz, que pode ser prescrito em doses relativamente baixas, com poucos efeitos colaterais. A exceção ao uso se dará somente em mulheres grávidas que, normalmente, não podem tomar uma série de outros produtos.
Mas, voltando ao problema da acne na mulher adulta propriamente dito, vale enfatizar que, o mais importante nesse caso é a pesquisa ou o diagnóstico, para saber quais são as causas da doença e a gravidade da mesma. A partir dessa análise é que o médico poderá adotar os tratamentos específicos.

Cuidando da beleza durante a gravidez:
Com alguns pequenos cuidados, você vai se sentir bem melhor durante a gravidez.

Veja quais são eles:
- Para prevenir as manchas de pele, muito comuns na gravidez, proteja-se do sol mesmo que você seja morena;
- Para diminuir o risco de ter estrias, é só engordar pouco e devagar;
- Caminhadas e exercícios leves ajudam, porque deixam os músculos mais fortes e melhoram a circulação do sangue;
- Você pode utilizar a maioria dos hidratantes ou cremes. Se tiver alguma dúvida, leve na consulta médica o creme que gostaria de usar.

Atenção:
Durante a gravidez, não use tinturas de cabelo, alisantes e onduladores. Esses produtos fazem mal ao bebê.

Sexo e gravidez:
Enquanto espera a chegada do seu filho, você não precisa deixar de fazer sexo.

É até comum que a vontade aumente durante a gravidez.

Pode ficar tranqüila o seu bebê está protegido na barriga, dentro da bolsa d’água.

Qualquer posição é possível, desde que você não sinta desconforto.

Você só não deve fazer sexo se sentir dor na barriga ou na vagina, tiver sangramento ou estiver com a bolsa d’água rompida.

Nesses casos, procure a Unidade de Saúde.

Saiba também que, durante as relações sexuais, o bebê tanto pode ficar quieto quanto se mover muito e que, na hora do orgasmo, é comum a barriga ficar dura.



Cordialmente,

Dr. Milton Beltrão Jr